Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

MARÉ ALTA

porque a liberdade está a passar por aqui

Zombies R'Us

 

Quando assistimos a filmes ou séries sobre zombies, qual é o seu único objectivo?

Encontrar alguém em quer morder. Tudo o resto passa-lhes literalmente ao lado.

Nós somos mais ou menos iguais.

Nós queremos é sangue. Com o sangue dos outros ou rejubilamos ou empatizamos. Mas somos viciados no sangue e logo após uma dose, vamos em busca de outra dose vinda de outra vítima.

Não é por acaso que o jornal com mais tiragem é o Correio da Manhã. Está cheio de doses de sangue!

Ainda os refugiados vivem o seu drama diário mas a sua dose, e a não ser que surja mais sangue, já foi ultrapassada pelo sangue do momento: Luaty Beirão. Já ninguém fala dos refugiados ou da Crimeia ou das violações na India ou de tantos e tantos dramas que se vivem por esse mundo fora.

Vamos de vítima em vítima a alimentar a nossa sede de sangue sem olhar para trás e estamos tão viciados no sangue que nem sequer nos preocupamos muito como é que essas pessoas se tornaram na nossa última dose de sangue mediático.

 

“We are what we are…”