Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

MARÉ ALTA

porque a liberdade está a passar por aqui

Scottin na UE porque juntos somos mais fortes

 

Quando se julga que o mundo está louco, se calhar está um pouco pior que isso. Ainda por cima tornou-se num mundo pouco coerente que segue ao sabor do vento.

Theresa May perante as noticias de um possível novo referendo na Escócia que resulte na saída desta do Reino Unido diz: “Quando trabalhamos juntos e nos empenhamos, somos uma força imparável.”.

Quão infeliz pode ser uma frase quando esta surge na sequencia do Brexit que na sua natureza resulta de uma falta de empenho (o Reino Unido nunca teve os mesmos condicionalismos que os restantes membros), falta de vontade de trabalhar juntos. A União Europeia não tem conseguido no seu todo impor-se aos EUA, nem à Rússia nem à China nem sequer às questões com o DAESH e consequentes refugiados. No seu populismo de algibeira o Reino Unido diz que numa dimensão muito mais reduzida consegue fazer, apelando ao “juntos” o que uma força muito maior não consegue.

Dito isto, é ou não legitimo que a Escócia peça uma saída do Reino Unido como o Reino Unido pediu da União Europeia?

Ah, falta a coerência e esta saída não dá jeito nem é popular.