Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

MARÉ ALTA

porque a liberdade está a passar por aqui

O VÃO ATAQUE AOS PIRATAS

 

 

Andam a sair notícias de bloqueio de sites que partilham conteúdos digitais (filmes, musica, jogos…) por parte das operadoras nacionais.

A MAPiNET não só critica quem cria os sites como quem ajudar a contornar os bloqueios.

Ninguém, muito provavelmente nem sequer os promotores dos sites de partilha irão dizer que o abuso dos direitos de autor são correctos perante os autores. No entanto temos de analisar friamente o que temos a montante.

Vivemos num país em crise e que mesmo fora dela nunca foi um país de abundancia financeira. Muito provavelmente a maioria das pessoas preferiria ir ao cinema, comprar o CD original ou comprar o jogo. Mas num país em que a maioria mal tem recursos para pagar as contas até ao fim do mês, como pode comprar um jogo que custa 70€, 13% do vencimento mínimo nacional, 15€ por um CD ou 14€ para um casal ir ao cinema (abdicando de pipocas e um sumo)?

A verdade é que enquanto os valores das artes continuarem a ser elevados e os ordenados estupidamente baixos (quando existem), irão sempre aparecer novos sites cada vez mais escondidos ou com novas estratégias para não serem bloqueados, e mesmo quando tudo isto falhar, nem que se volte à moda antiga de fazer copia que passa de mão em mão.

A maioria dos portugueses gostaria de ir mais vezes ao cinema, de comprar CD’s de música, jogos originais para os filhos, livros para ler. Como não é possível porque a carteira não chega para tudo… “inventam-se” estratégias para ter acesso ao mesmo com um custo inferior.

Gostava de ver a malta da MAPiNET a defender que é preciso aumentar salários e criar emprego para que as pessoas tenham acesso à cultura. Depois disso, ai sim tinham razão para reclamar. Até lá... “palavras, palavras leva-as o vento!”