Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

MARÉ ALTA

porque a liberdade está a passar por aqui

É a ética, estúpido!

O que aproxima Passos Coelho e Alexis Tsipras? O que fez com que o grego passasse de perigoso extremista de esquerda para um exemplo a seguir?

Fácil: ambos foram eleitos com uma agenda radical de promessas de prosperidade num contexto económico muito difícil, e ambos falharam no cumprimento dessas promessas. Passos começou a falhar logo no dia a seguir às eleições: o que ele gostaria que fosse visto como impreparação muitos vêm como mentira deliberada. Tsipras, porém, apenas capitulou após uma longa batalha contra os ministros das finanças da zona euro.

O que distinguiu então Tsipras de Passos? A transparência de Varoufakis, construindo argumentos de tal forma inabaláveis lógica e economicamente que apanhou todos de surpresa e deixou exposta a crua realidade por trás da retórica austeritária.

Coelho, e agora Tsipras, mas também Portas e Costa, assumem o discurso da inevitabilidade e apresentam ao cidadão a difícil escolha do mal menor. Nenhum político do “arco da governação” levanta a cabeça. Todos se esquecem dos princípios que devem reger as instituições que dirigem. A reflexão filosófica ocidental sobre o papel do Estado em assegurar o direito dos cidadãos a “uma vida boa, com e para os outros, em instituições justas” (Paul Ricoeur) não lhes diz nada. Os cidadãos são manipulados, enganados e deixados à mercê da força destrutiva dos mercados financeiros. É o dinheiro que move o mundo, hoje.

Mas é preciso levar a transparência até ao fim. É preciso gritar que o sistema capitalista atual assenta sobre apenas uma das formas de definir o que é o dinheiro. É urgente dizer sem receios que esta forma de definir o dinheiro está a conduzir as sociedades ao caos e o planeta à catástrofe. Citemos Aristóteles e Kant. Defendamo-nos com Rawls e Walzer. Coloquemos as pessoas no centro do debate político. Não, Passos! Não, Costa! A austeridade não é inevitável! Um outro mundo é possível- e começa já para a semana!