Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

MARÉ ALTA

porque a liberdade está a passar por aqui

A inevitável vitória do MPLA

O MPLA diz que ganhou as eleições em Angola.

 

 

Comecemos por dizer que estou longe de ser um conhecedor profundo da politica angolana, para alem do que vem nas noticias, para alem do que vou lendo aqui e ali.

Ainda assim não tinha duvidas nenhumas que o MPLA iria vencer.

Olha para a história do mundo desde que existe sufrágio. Alguma vez, em algum país democrático, durante décadas foi o mesmo partido a vencer as eleições?

Nunca!

Porquê?

Porque os ciclos políticos e sobretudo económicos mudam e as pessoas tendem a votar noutro partido na esperança (às vezes vã) de mudar o rumo dos acontecimentos.

Já em sítios em que a democracia é um mito urbano, não importa o ciclo em que se esteja ganha sempre o mesmo.

Do ponto de vista económico, para quem te interesses instituídos, não quer instabilidade e não quer saber do povo, quer saber se existe estabilidade no investimento para garantir os lucros. Se a minha preocupação é o meu lucro e se um determinado regime me garante esse lucro, a minha preocupação é perpetuar essa estabilidade. Veja-se as mentiras dos EEUU para manter ou desmontar regimes. Quem quer saber do povo senão ele próprio?

O MPLA ganhou e já tinha ganho antes sequer da eleição que não passa de um tiro de pólvora seca.

A única esperança é que com a saída do líder histórico, o que se segue não tenha força para perpetuar o regime tal como aconteceu com a morte de Salazar, tal como aconteceu com a morte de Hugo Chavez.

Mas antes de melhorar, vai piorar e partidos alinhados com o comunismo dirão, como dizem, que a alternativa é patrocinada pelo capitalismo quando na verdade o interesse real é o mesmo, dinheiro e influencia. O povo para eles pouco importa.